Connect with us

Mercado de Ações

Ações de Azul disparam 50% após acordo

Publicado

em

Ações de Azul disparam 50% após acordo

A Azul anunciou um acordo com arrendadores de seus aviões para esticar sua dívida para 2030, gerando uma economia de caixa de R$ 3 bilhões só este ano. Em troca, os arrendadores receberão títulos de dívida negociáveis com vencimento em 2030, além de ações.

Google news

Com isso, o acordo afastou o risco de uma recuperação judicial e permitirá que a Azul atinja o breakeven este ano, algo que era previsto somente para 2024. As negociações continuam com os arrendadores restantes e os fabricantes de peças, e novos acordos ainda devem ser anunciados.

Veja também:  Ações: As maiores quedas do Ibovespa após saída de Sergio moro do governo

Mais cedo, a companhia aérea anunciou prejuízo ajustado de R$610,5 mi no 4º tri.

Ações da Azul disparam na Bolsa de Valores

Às 12:30, o preço da ação AZUL4 subia 49,86%, chegando a R$ 10,85.

Compartilhar:

Tendência