Connect with us

Politica

NO TWITTER, BOLSONARO DESAUTORIZA MOURÃO E DIZ QUE CRITICAR 13º É OFENSA A QUEM TRABALHA

Publicado

Espalhe Noticia

Pelo Twitter, o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) desautorizou seu candidato a vice, o general Hamilton Mourão (PRTB), afirmando que criticar o 13º salário é uma “ofensa a quem trabalha”.

A manifestação de Bolsonaro, ainda internado no hospital Albert Einsten, na capital paulista, veio após o vídeo de Mourão circular e ser alvo de críticas. Em palestra no Rio Grande do Sul, na última terça-feira, 25, Mourão afirmou que o 13º salário e o pagamento de adicional de férias são “jabuticabas” – ou seja, só ocorrem no Brasil.

O presidenciável rebateu: “O 13° salário do trabalhador está previsto no art. 7° da Constituição em capítulo das cláusulas pétreas (não passível de ser suprimido sequer por proposta de emenda à Constituição). Criticá-lo, além de uma ofensa à quem trabalha, confessa desconhecer a Constituição”, publicou Bolsonaro.

Nos comentários da publicação, o candidato a vice foi criticado por apoiadores do presidenciável. “Pede pro Mourão calar a boca por favor”, escreveu uma internauta. “Segura essa língua do Mourão aí, Capitão. Não dê munição para os adversários”, comentou outro apoiador. (Daniel Weterman – [email protected])

Continue Reading
Advertisement

Tendência